domingo, 30 de agosto de 2009

Rally

Preparativos
Na hora de dormir, sexta-feira, programei o despertador para às 9h15min, já que sairíamos às 10h. Prometi a mim que se acordasse mais cedo, involuntariamente, lavaria o fusca. Acordei 8h07min e pulei da cama, 9h15min, no máximo o fusca deveria estar pronto.

Deu certo. Não foi o melhor banho da vida dele. Mas ficou melhor do que estava. Depois foi a minha vez de tomar banho e deixar tudo pronto pra pegar a estrada com o Foscão e a Fiona.

Por volta das 10h30min, os três fuscas estavam em frente à minha casa. Navegadores a postos. Fizemos a viagem.

Chegada à Nova Petrópolis
Cada fusca em seu lugar. Nosso número era o 35 (inversão do fusquinha turbinado) e largaríamos em 32º. Retiramos nosso kit com as camisetas, almoçamos e ouvimos uma explicação muito confusa sobre como funcionaria o Rally. Calculadora? Cronômetro? Trechos? Tempo de percurso? Ok, vamos passear.

O livro de bordo foi entregue. Ainda estava tudo muito confuso. Estava chegando a hora...

DISTÂNCIA E DURAÇÃO DA PROVA
A prova terá aproximadamente 80 Km de Média Imposta e 40 Km de Neutros e tarefas e 4:00 hs de duração.

A largada
Partimos do ponto inicial às 13h57min, em desespero, claro. Com a certeza de que íamos nos perder, pegamos a estrada. Ainda em Nova Petrópolis, quando devíamos seguir pela principal, nos confundimos e pegamos a pista da direita. Voltamos e esperamos algum outro fusca passar. Dois fuscas depois, conseguimos retomar a pista.

Trechos e Tarefas
Trecho 01. O livro de bordo indicava a Tarefa 1: deveríamos identificar em que trechos estavam as cinco fotos impressas em preto e branco. Alguns lugares até foram reconhecidos.

Seguimos o percurso pela BR 116 em direção à Caxias do Sul ainda sem entender muito bem a prova. Quando identificávamos alguma das referências do Livro de bordo, comemorávamos.

Trecho 02. Chegando em uma rótula, dobramos à esquerda entrando na RS 452 em direção a Feliz.

Trecho 03. Entramos novamente na rodovia RS 452. Mais pontes. Mais placas. Mais árvores.

Após algumas pontes e pardais...

Trecho 04. Em 36’ e 37’’ concluímos o Trecho 04, o qual deveria ter sido concluído em 31’ e 16’’. Paramos no Posto Irapuru para a Tarefa 2.

“Arremesso de chopp: jogo germânico
Claro que não é com chopp, senão todos iam beber, em vez de cumprir a tarefa”

Certos eles...

Nós não cumprimos a tarefa e, pior, nos atrapalhamos. Como haviam dito que no “Neutrão” (parado em um posto para descanso) deveríamos recomeçar a cronometrar, paramos o cronômetro e começamos a marcar de novo. Porém, ainda na estávamos no “Neutrão” e acabamos nos perdendo totalmente no tempo.

Trecho 06. Chegamos em Feliz.

Trecho 07. Uma voltinha ao redor do trevo da próximo a Policia Rodoviária. Um tio no meio do caminho avisou o rumo certo. Entramos na RS 122, em direção a Porto Alegre.

Trecho 08. Eu nem vi que devia ir a 58 km/h. Aliás, a média de quilometragem foi totalmente ignorada por pilota e navegadora na primeira etapa.

Trecho 09. “Placa Fruteira Morango na direita”. Nós não contamos, mas nós vimos milhares.

Trecho 10. km 15 da RS 122. Km 9 da RS 122.

Trecho 11. Chegamos ao tal “Neutrão” com 5’ de antecedência.

Neutrão

“Podes dar uma descansada, beber uma água, abastecer se necessário ou até fazer um lanchinho. Os organizadores vão orientar vocês a fazer a relargada. Zerem o cronômetro e vamos lá de novo.

Trecho 12. Uma Coca 600 e um Chica bom depois, largamos às 15h45min. Estudamos um bocado o Livro de Bordo e começamos a nos situar na ideia.
Km 6 da RS 122. Km 4 da RS 122. Estacione na direita para cumprir a tarefa.

Tarefa 3
“Navegador: desembarque e responda algumas perguntinhas sobre os nossos queridos Volks a ar”.

Na verdade as perguntas foram para os dois:

- Qual o ano de fabricação do primeiro fusca no Brasil?
- 1962? (o correto é 1959)

- Onde foi fabricado o último fusca no mundo?
- México (acertamos).

- Em que data é comemorado o Dia Mundial do Fusca?
- Bah... o desse ano já passou... É... hum... Eu sei, droga... Sete... de Maio!
(o correto é 22 de junho)

- Como é chamado o fusca com duas janelinhas traseiras?
- Pra mim é o “alemão”.
- Opa! Alemão sou eu!
(o correto é split window)

- Qual é o ano do fusca Série Ouro?
- 1996 (acertamos).

Ao alto e avante

Trecho 13 (...). Trecho 14. Atravessamos a RS 240 e acessamos a Rua Julio de Castilhos. Em que cidade estávamos? Boa pergunta. São Sebastião do Caí, provavelmente.

Trecho 15. Passamos a divisa entre Portão e Estância Velha.

Trecho 16. “Dobrar a esquerda no semáforo entrando na Rua Presidente Lucena”. Peguei a pista da direita. Liguei o pisca pra dobrar à direita. Vi um jipe sujo de barro e comecei a bufar pra ele. A Thais tentando pedir porque o que estava acontecendo com meu pisca e eu, nem bola, bufando pro jipe e rindo. Quando eu dobrei pra direita, entendi que devia ir pra esquerda.

Trecho 17. Trecho 18. Chegamos em Ivoti.

Tarefa 4
“Piloto ou navegador estão convidados para uma jogada de boliche. Strike direto vale tarefa cumprida. Strike em duas bolas vale meia tarefa”.

Acho que, em duas chances, sobrei dois pinos.

Mutley, faça alguma coisa
Trecho 19. Pórtico de Presidente Lucena. Belas paisagens.

Trecho 20. Em frente na VRS 865.

Trecho 21. Trecho 22. Km 195 da BR 116.

Trecho 23. Km191 da BR 116.

Trecho 24. Pela Direita entrando em Nova Petrópolis. De volta. Hora de chutar os trechos da paisagem, pois só notamos uma.

Tarefa 5
“Só para finalizar e se divertir um pouco vamos para sua última tarefa: Pinos com bola no chão era fácil e agora é com corda”.

Volta
Como o resultado sairia apenas no domingo. Voltamos à Flores da Cunha de Foscão, pois tinha show da Hábitos. Meu fusca ficou em Nova Petrópolis, com os demais no Centro de Eventos. A Fiona e suas passageiras encontraram uma pousada por lá mesmo.

Amanhã, falo dos resultados.

2 comentários:

Fada Doce Pimenta disse...

Aaaaaiii que legal isso!!!!
meu fusca não tem nome, quer dizer, batizaram de bibimóvel... mas é sem graça... heheheheeh

bjuuu

ஜ Shamila Colorida ஜ disse...

que tri que tu tá de fuca, guria!
Quero ver teu bezouro!
beijo